Category Archives: Notícias

isolamento térmico com espuma de poliuretano

Espuma de poliuretano: Conheça vantagens deste isolamento térmico

Você conhece o método de isolamento térmico com espuma de poliuretano? Esse sistema é casualmente usado em indústrias como forma de preservar a temperatura dos ambientes. Por ser um material muito versátil, ele pode substituir a madeira, o metal, borracha e até mesmo o algodão. Tudo depende de sua necessidade. Você verá neste artigo os benefícios da espuma de poliuretano e onde pode usá-la. Acompanhe!

Vantagens e aplicações da espuma de poliuretano

A espuma de poliuretano é um material muito utilizado na construção civil graças às suas diversas aplicações. Por se adaptar a muitos padrões sua fórmula muda conforme a necessidade de uso.

Basicamente, ela funciona como um tipo de selante adesivo que ainda serve como protetor térmico. Contudo, apesar de chamada de espuma, seu componente não cede a pressão nem encolhe, sendo bastante resistente a impactos.

O produto é feito a partir de duas substâncias: diol e diisocianato que quando misturados provocam uma reação química. Por causa disso, é possível isolar um ambiente do outro, bloqueando calor, ruídos, aumentando assim, o conforto para ambas as áreas.

Graças a sua superfície resistente, lisa e impermeável, ela se torna um elemento essencial contra chuva, vento, neve e correntes de ar. Apesar de ser um produto de alta qualidade e fácil aplicação, seu valor é bem acessível e rende até três vezes o seu volume inicial assim que aplicado. Veja mais benefícios da espuma de poliuretano a seguir!

Isolamento térmico

Sim, é possível obter isolamento térmico com espuma de poliuretano. Essa é uma das maiores vantagens deste produto — senão o maior. Esse recurso só é possível porque ao fazer o assentamento de batentes, vedar frestas e janelas de madeira, a espuma absorve as vibrações do ambiente. Por isso, as indústrias que funcionam com refrigeração e dependem de um ambiente com temperatura controlada são beneficiadas. Além disso, a espuma de poliuretano apresenta outras vantagens:

  • Resistência a bactérias;
  • Estanca boa parte de vazamentos;
  • Isolante acústico e eliminação de ruídos;
  • Resistência a condições de clima desfavoráveis;
  • Produto econômico e de ótimo custo-benefício;
  • Alta durabilidade;
  • Fácil aplicação;
  • Capacidade de se moldar a diferentes superfícies e espaços.

Onde a espuma de poliuretano pode ser aplicada

Em virtude de sua capacidade de se adaptar a diversos usos, é possível usar as propriedades da espuma em muitas situações. Então ela não é somente usada no ramo de construção civil, mas também na indústria automobilística e outros meios:

  • Fabricação de colchões e estofados;
  • Fixação de portas e batentes;
  • Correção de falhas em paredes ou superfícies;
  • Fabricação de pneus;
  • Isolamento de locais;
  • Auxilia os sistemas de congeladores e refrigeração.

Placa em Poliuretano

Como você já sabe, a espuma de poliuretano é encontrada em muitos formatos, sendo mais comum o uso por meio de aplicadores, onde o produto é vendido na condição de semi líquido. Por outro lado, se você deseja ter certeza que a aplicação do produto será impecável, uma boa solução é comprá-lo no formato de placa de poliuretano expandido.

Dessa forma, você vai ter o produto em forma de espuma rígida numa estrutura variável de 20 kg/m³ até 600 kg/m³. Além disso, acima de 100 kg/m³ é possível usá-la como um material de estrutura, aplicando em pisos de frigoríficos e câmaras frias, isolamento de paredes e forros, embarcações, tanques, caixas para transporte e outras funcionalidades.

Para ter mais informações sobre a placa em poliuretano expandido rígido da Retatherm, é só entrar em contato com a nossa equipe. Assim você terá um atendimento personalizado com a equipe da Retaprene, contando com a instalação e qualidade que só nós temos!

laje

Como solucionar infiltração na laje?

As infiltrações são uma enorme dor de cabeça, uma vez que causam estragos estruturais e possibilitam a formação de mofo. Se a sua casa está sofrendo com esse tipo de problema, você não pode deixar de ler esse artigo. Nele, vamos falar desse inconveniente e te ajudar a evitar esse problema, entenda aqui como solucionar infiltração na laje.

Infiltrações na laje: os primeiros sinais

Identificar problemas de infiltração não é uma tarefa simples, mas se você estiver atento para alguns sintomas, será capaz de antecipar o problema e resolvê-lo. É imprescindível consertar problemas na laje, já que essas infiltrações podem comprometer toda a estrutura do imóvel. Por exemplo, a água pode se deslocar para as paredes, atingindo conduítes e até mesmo o rodapé.

Infelizmente, infiltrações em lajes de concreto são bem comuns, sendo que os seus principais sinais são:

  • Marcas e escorrimentos no acabamento interno do ambiente;
  • Gotejamentos em baixas proporções ou volumes maiores, gerando empossamentos em alguns casos;
  • Desplacamentos e mofos em pinturas, reboco, texturas, rejuntes de pisos, entre outros tipos;
  • Eventuais danos e curtos em equipamentos elétricos no teto;
  • Corrosão e fragilização armaduras de aço da laje;
  • Paredes internas e lajes umedecidas;
  • Cheiro e marcas de mofo no ambiente.

As causas mais comuns

Existem alguns fatores que aumentam o risco de infiltração na laje, são eles:

  • Falta de impermeabilização na laje;
  • Impermeabilização malfeita dos pisos e fundações;
  • Rachaduras causadas pelo tempo;
  • Ação do tempo;
  • Falta de manutenção;
  • Telhas quebradas;
  • Calhas com vazamentos;
  • Pontos em que a água da chuva consegue se acumular;
  • Trincas e rachaduras no lado externo;
  • Paredes construídas na divisa;
  • Tubulações com vazamentos.

Resolva problemas de infiltração na laje

Para te ajudar com esse incômodo, separamos alguns conselhos, veja:

  1. Preparação: o primeiro passo é realizar a limpeza e lixamento da superfície, incluindo a remoção de todas as impurezas que podem prejudicar a adesão dos produtos na laje. Além disso, você deve tratar trincas, fissuras, buracos e correção de caimentos irregulares na laje que impeçam a vazão da água.
  2. Primer + tela estruturante: aplique o produto primer em poliuretano na superfície, uma vez que ele é um material mais fluido e possibilita uma maior penetração na porosidade do substrato vedando totalmente a superfície de concreto. Ainda por cima, utilize uma tela estruturante simultaneamente a camada de primer, possibilitando maior reforço mecânico a impermeabilização.
  3. Coverprime 1034 impermeabilizante: após aplicar a camada de primer, você deve utilizar o Coverprime 1034 para aumentar eficiência do processo.
  4. Acabamento Antiderrapante (opcional): o antiderrapante é recomendado para áreas onde a laje receberá tráfego intenso, aumentando a segurança em dias molhados.
  5. Pintura final em PU Alifático (opcional): além de melhorar a estética da impermeabilização, a pintura auxilia na reflexão dos raios solares e evita o amarelamento/oxidação do poliuretano com o passar do tempo.

Impermeabilização de laje: a melhor opção para evitar o problema

Sem dúvidas, uma das melhores opções para evitar problemas de infiltração é a impermeabilização. Ou seja, a laje deve ser impermeabilizada assim que for “batida”. Entre os materiais indicados, os principais destaques são a manta asfáltica, as resinas impermeabilizantes e a argamassa impermeável. A região precisa estar limpa e é preciso seguir as orientações do fabricante do produto. Os fabricantes indicam se o material é próprio para lajes que têm tráfego.

Conte com a Retaprene, uma empresa especializada em impermeabilização, pisos industriais, pisos para garagens de shopping, colégios e outros serviços, que fornece soluções sem dor de cabeça. Entre em contato conosco!

entenda diferenca-entre piso epoxi poliuretano

Entenda a diferença entre piso epóxi e poliuretano

Quem não gosta de um lindo revestimento com aparência de porcelanato? Frequentemente usados em indústrias, estacionamentos, aeroportos e galpões, hoje é a vez de conhecer a diferença entre piso epóxi e poliuretano. Ambos ganham muita força no ramo de construção civil, pois além de proporcionarem resistência e durabilidade, também agregam em elegância. Acompanhem nosso artigo e saiba tudo sobre os queridos do momento!

Antes de escolher veja a diferença entre piso epóxi e poliuretano

O padrão de qualidade é sem dúvida, um dos critérios básicos para qualquer mercado. Seja no produto ou no espaço físico das indústrias, a aparência é fundamental no processo de avaliação. Por isso, é importante investir em soluções que agradem ao cliente, e claro, tragam benefícios aos colaboradores do local.

Então, como proposta para reunir, versatilidade, resistência, proteção, facilidade e beleza, surgiram no mercado os pisos epóxi e poliuretano.

Embora semelhantes na aparência e, apesar de não existir de fato, um sistema melhor que outro, eles possuem diferenças técnicas que podem determinar a escolha do cliente. Veja suas aplicações e defina seu preferido!

Piso Epóxi

piso epoxi

O sistema epóxi apresenta maior resistência a produtos químicos. Entretanto, é mais sensível a exposição a luz, por isso é mais indicado em superfícies internas. Com ele é possível cobrir garagens, hospitais, laboratórios e indústrias, e escritórios pois é resistente e antiderrapante.

Este piso possui aparência de granito ou mármore, então além de ter um produto funcional, também é possível ganhar em elegância. Como sua superfície não possui vincos ou juntas, o epóxi ganha pontos com a impermeabilização e dificulta a proliferação de microorganismos. Sua instalação é feita em uma única camada!

Apesar de comumente usado em ambientes comerciais, também agrega valor a residências, já que é fácil de limpar e instalar, é aplicável sobre diversos tipos de superfícies, além de ser muito bonito esteticamente.

Como desvantagem deste produto, encontra-se o valor, e se comparado com pisos tradicionais pode riscar com mais facilidade.

Piso Poliuretano

piso poliuretano

Enquanto o piso epóxi não é indicado para áreas em contato com sol, o piso poliuretano é resistente à desgastes, choques térmicos e se dá melhor em contato com a luz, pois possui proteção UV. Sua estética e cor são mais duráveis e também são indicados para hospitais, indústria, clínicas, garagens e similares.

A grande vantagem deste produto é que pode ser polido e encerado, preservando sempre a estética, dando acabamento brilhante. Por seus inúmeros benefícios e versatilidade, também pode ser instalado em casas e lojas.

Este é um tipo de piso impermeabilizante, que garante proteção, durabilidade e resiste a produtos químicos. Ele dispensa água na composição, por isso seu acabamento é diferenciado e não amarela facilmente.

Para aplicar o piso poliuretano é preciso antes preparar o piso de baixo, fechando rejuntes e formando uma base lisa. As cores deste produto presentes no mercado são neutras, como branco, cinza e bege, ao passo que o pixo epóxi fornece uma gama maior de opções em tons variados.

Fez sua escolha? Próximo Passo

Tanto o piso epóxi quanto o poliuretano, não perdem em qualidade, salvo uma diferença ou outra, ambos são uma boa escolha. Agora, de nada adianta garantir um bom produto e falhar na instalação. Por isso, faça questão de exigir que todo o processo seja feito por uma empresa de confiança, profissional e que de fato, se preocupa em entregar bons resultados.

Conte com a Retaprene, uma empresa especializada em impermeabilização, pisos industriais, pisos para garagens de shopping, colégios e outros serviços, que fornece soluções sem dor de cabeça. Entre em contato conosco!

Como limpar piso antiderrapante

O piso antiderrapante é um ótimo aliado para quem tem um espaço interno e não quer correr riscos de queda, especialmente quando se tem crianças e idosos por perto. Por isso, ele é utilizado em locais como banheiros, áreas externas com piscinas, etc.

É importante que o dono da casa saiba como limpar piso antiderrapante para que ele fique bonito e mantenha a sua funcionalidade sem perder o charme. Vamos explicar como fazer a limpeza sem dores de cabeça ou complicações. Utilizaremos como base o modelo de piso antiderrapante para banheiro da Retaprene.

Saiba mais sobre pisos antiderrapantes

O revestimento antiderrapante é fundamental para que o risco de derrapagens e escorregões de pessoas e veículos possa ser diminuído em um ambiente. A depender do modelo de piso antiderrapante, o cuidado para sua limpeza deve ser considerado, de forma a não perder suas propriedades.

Por causa do revestimento, ele pode apresentar uma superfície considerada irregular, necessário para evitar as quedas. Porém, tende a acumular mais sujeira e mancha de gordura.

Além disso, a porosidade do antiderrapante pode ser um fator preponderante na limpeza. Quanto mais poroso, maior tem que ser o cuidado na hora de limpar o piso. Por isso, veja as dicas e saiba como fazer a limpeza sem prejudicar o seu piso antiderrapante, especialmente no banheiro de casa.

Como limpar piso antiderrapante

Uma vantagem do piso é a sua impermeabilização e sua durabilidade, bem superior aos modelos tradicionais. Dito isso, atenção para essas dicas preciosas de como limpar piso antiderrapante:

  • Varrição

O recomendado é que o piso seja lavado de uma a duas vezes por semana. Assim, o risco de acúmulo de sujeira é menor e a limpeza fique mais fácil de ser feita.

Utilize a vassoura com cerdas duras de nylon, esfregão de microfibra ou esponjas. Assim, consegue remover aquelas sujeiras que ficam soltas com mais facilidade, sem que fiquem grudadas no chão e que suportam mais o atrito.

  • Lavagem

Utilize detergente neutro e água na hora de lavar piso, deixando agirem por cinco minutos. Essa solução é muito boa para tirar sujeira impregnada no piso sem danificá-los. Importante que sejam feitos movimentos circulares e nada de movimentos frontais ou para trás, como nos pisos lisos. A possibilidade de tirar o revestimento antiderrapante é maior.

  • Conservação

A forma como conservar o piso depois de limpo é importantíssimo, ainda mais no banheiro, onde a umidade é constante. Nunca use produtos químicos para remover manchas, como alvejantes. Assim, a função antiderrapante perde o sentido.

Mas essa última dica é extremamente fundamental para que o piso funcione bem: NUNCA utilize ceras. Elas tiram o efeito antiderrapante do mesmo.

O que colocar no piso para não escorregar

O piso antiderrapante merece cuidados específicos para que proteja a todos da sua casa, principalmente crianças e idosos no banheiro, onde há mais umidade, contra acidentes. Mas, como fazer o piso não ser escorregadio?

A Retaprene tem a solução para você. Fazemos a colocação do antiderrapante no seu piso com a qualidade e a confiabilidade que você precisa para ter segurança e tranquilidade necessárias para sua família. Entre em contato e peça já seu piso antiderrapante.

Porcelanato Líquido

Qual a durabilidade do porcelanato líquido

O porcelanato líquido é uma excelente ideia de piso para colocar em qualquer ambiente, ainda mais pelo brilho que possui, o que deixa o espaço com um ótimo aspecto.

Já falamos sobre as características do piso de porcelanato líquido, a aplicação e as vantagens dele no artigo “Piso de porcelanato líquido: Conheça suas características” .

Hoje, iremos falar mais especificamente da questão da durabilidade do porcelanato líquido e os cuidados necessários na hora da aplicação da resina. Mas, antes, vamos relembrar um pouco sobre o produto.

O que é porcelanato líquido

O porcelanato líquido é feito a partir de resina epóxi, o que dispensa a necessidade de juntas e emendas. É uma tecnologia que tem ganhado adeptos a cada dia, graças a sua facilidade de uso e que não acumula poeira, microrganismos e umidade.

O chão de porcelanato líquido é brilhante e bem confortável de ser utilizado e, se bem conservado, fica muito bonito de se ver e altamente resistente.

São usadas quatro resinas epóxi para garantir a maior durabilidade do porcelanato líquido. São eles:

  • Retapoxi Prime;
  • Retapoxi Piso Alta espessura;
  • Retapoxi TX Espatulado Tixotrópico.

Uma de suas grandes vantagens é ser autonivelante. Quando instalado, o porcelanato líquido cria uma camada que o nivela, sendo apenas que esteja limpo na hora da aplicação.

Os benefícios do porcelanato líquido são inquestionáveis. Agora, vamos entender a parte da durabilidade do porcelanato.

Durabilidade

O porcelanato líquido deve merecer um cuidado diferenciado para que dure por muito mais tempo. Como o material dá um brilho perene, não é necessário que se use ceras ou produtos para o brilho.

Com essas informações, a limpeza pode ser feita apenas com água e sabão líquido. Uma dica preciosa para aumentar a durabilidade do porcelanato é a vedação dos pés dos móveis.

O chão de porcelanato líquido é como o chão de piso comum. Apesar de ser mais difícil, ele pode arranhar com a movimentação de móveis na sua casa. Por isso, proteja com adesivos de feltro, ideais para este fim.

A durabilidade do porcelanato líquido é de 10 anos, o mesmo tempo do piso tradicional que conhecemos. As dicas que comentamos anteriormente é para que o brilho permaneça constante. Será necessário a manutenção neste período, mas a sua durabilidade fica neste período mencionado. E, quando acabar este prazo, o que fazer?

Onde encontrar porcelanato líquido

O porcelanato líquido é uma tendência nas casas pelo Brasil pela sua durabilidade e beleza incluídas. Pensando nisso, procure uma empresa especializada e que faça a aplicação com qualidade e resina de primeira linha. Além da aplicação, temos a manutenção para aumentar a durabilidade do porcelanato líquido da sua casa ou da sua empresa.

A Retaprene possui know-how e as melhores soluções do mercado para você. Não deixe de colocar o piso de porcelanato líquido com quem entende do assunto. Entre em contato e faça seu orçamento com a Retaprene.

como aplicar porcelanato líquido

Guia: Como aplicar porcelanato líquido?

Se você procura saber como aplicar porcelanato líquido, saiba que esse tipo de piso está se popularizando e pode ser um item essencial em sua casa ou comércio. Para entender melhor sua aplicação, antes precisamos saber do que ele é feito e seus benefícios. Continue lendo o artigo até o final para entender melhor suas características.

O que saber sobre porcelanato líquido

Muito conhecido por seu brilho, facilidade de limpeza e personalidade, o porcelanato líquido consiste de de um poliuretano, um polímero termoplástico. Pode ser conhecido também como piso 3D por seu efeito brilhante.

Além disso, o porcelanato líquido trata-se de uma aplicação diferenciada, autonivelante. Isso quer dizer que, por meio de um líquido e uma ferramenta para sua aplicação, como um rodo, é possível criar uma camada única por toda a extensão do ambiente, sem emendas ou encaixes de placas.

Como aplicar porcelanato líquido?

A aplicação do porcelanato líquido chama atenção por sua facilidade, principalmente por não sujar ou necessitar de grandes reformas. Por isso, designers de interiores e arquitetos recomendam seu uso.

Sua aplicação é monolítica, ou seja, não cria emendas ou juntas. Por isso, esse autonivelamento, pode ser feito em qualquer contrapiso. A única recomendação é que o piso esteja inteiramente limpo.

Por isso, o primeiro passo é se certificar de que todo o piso esteja sem impurezas. Depois basta despejar o líquido de resina por todo o ambiente a ser aplicada. Enquanto o líquido é despejado, utiliza-se um rodo para espalhá-lo e ajudá-lo na uniformização do piso.

No entanto, é preciso que o profissional se atente na espessura da camada que está sendo aplicada. Esta etapa exige bastante atenção e aptidão para que a aplicação seja feita com qualidade.

Por fim, ao esperar o tempo de secagem correto para o piso de porcelanato líquido, o local deve estar livre de qualquer contato ou sujeira, a fim de um resultado surpreendente e bonito.

Dicas para a utilização de porcelanato líquido e benefícios

Sua higienização facilitada é um dos benefícios mais citados nesse tipo de piso. Além disso, por ser um piso monolítico, não cria rejuntes ou emendas, o que também facilita a limpeza e não acumula poeira.

Sua aplicação também torna-se uma vantagem competitiva em relação aos outros pisos, pois é prática e evita grandes reformas.

Entretanto, para aplicar porcelanato líquido, o ideal é contar com profissionais qualificados, como a Retaprene. Com uma empresa especializada é possível ir além e ainda criar desenhos e figuras para a decoração do piso no ambiente. Portanto, fale com nossos especialistas e crie ambientes ainda mais bonitos.

isolante térmico para telhado

Isolante térmico para telhado: qual a importância do uso

Em períodos de muito calor ou muito frio, é comum a busca por isolante térmico para telhado. Afinal, manter a temperatura estável e de maneira mais natural possível é um benefício que muitos desejam, seja de maneira residencial ou industrial.

Portanto, saber como manter o calor do telhado ou um clima agradável tornou-se essencial e pode fazer com que o ambiente fique muito mais aconchegante. Confira mais sobre o assunto neste artigo!

O que é isolante térmico?

O isolamento térmico de telhado pode ser definido como o conjunto de um produto específico e uma técnica, com o objetivo único e exclusivo de manter a temperatura estável do ambiente.

No caso de períodos de frio, o isolamento térmico do telhado retém o calor do interior do local, mantendo mais agradável a temperatura interna. Em tempos de calor, o funcionamento opera da mesma maneira e faz com que o ar mais fresco do interior fique retido. Dessa forma, é feita uma grande economia no uso do ar condicionado ou de aquecedores.

Quais as vantagens de usar o isolante térmico para telhado?

O uso de um revestimento térmico para telhado possui muitas vantagens. Seja na utilização residencial ou no uso de edificações industriais na construção civil. Isso porque, é bastante frequente em temporadas de muito calor ou muito frio o aumento do consumo de energia com o ar condicionado ou aquecedores.

A técnica do isolamento térmico de telhado melhora a climatização do ambiente e ainda reduz os custos para manter o local com temperatura agradável.

Isso sem contar as diversas vantagens de se manter um ambiente climaticamente estável. No uso industrial, por exemplo, muitos locais que armazenam alimentos devem manter temperatura ambiente.

Como é utilizado o isolante térmico para telhado?

Quando falamos em isolamento térmico é comum ouvirmos sobre a utilização de manta térmica. Este é usado como principal produto para conversar a temperatura ideal do ambiente. Entretanto, no mercado existem muitos tipos de isolantes térmicos e, para realizar a escolha ideal é preciso levar em consideração alguns aspectos.

Observe, primeiramente, o tipo da construção e seu uso. Depois, verifique o material do telhado. Somente assim é possível saber qual material usar e como pode ser instalada a solução ideal.

Isolante térmico de telhas da Retaprene

A Retaprene possui a solução completa para isolar o calor do telhado, o Retatherm. O produto foi desenvolvido para ser um perfeito isolante térmico de telhas. Além de um impermeabilizante e anti-ruído. É constituído por um poliuretano totalmente resistente, com aplicabilidade em diversos locais, como telhados, pisos e paredes.

A fabricação desse produto é exclusiva da Retaprene. Suas características são próprias para isolar telhas e fazer com que os raios solares sejam refletidos, principalmente em função de sua superfície aluminizada.

Além disso, a Retaprene ainda possui o cuidado de realizar um trabalho de limpeza do telhado. O objetivo é deixá-lo totalmente preparado para o revestimento isolante térmico das telhas.

Por isso, fale com nossos especialistas e saiba como realizar esse isolamento de maneira profissional e eficiente.

piso hospitalar

Piso hospitalar: entenda as resoluções exigidas

O piso hospitalar é item importantíssimo para a segurança de pacientes e profissionais da área da saúde.

Isso porque a escolha do piso ideal para hospital deve seguir regras exigidas pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e padrões técnicos fundamentais de segurança para evitar alta contaminação e transmissão de infecções.

Piso hospitalar para proteção de equipe e pacientes

Segundo a ANVISA, existem soluções físicas, chamadas de “barreiras secundárias” que contribuem para a proteção de pacientes e equipe.

Enquanto as barreiras primárias são equipamentos já projetados para a segurança biológica, as secundárias são entendidas por projetos, itens e instalações do ambiente que evitam a contaminação de bactérias e outros agentes infecciosos.

Áreas críticas e semicríticas do ambiente hospitalar

Entretanto, as normas de segurança determinadas pela Agência variam conforme as áreas do ambiente hospitalar. Por isso, a resolução RDC 50/2002 estabelece que para áreas críticas e semicríticas alguns cuidados devem ser tomados, principalmente, quando pensamos em:

  • Segurança biológica;
  • Assepsia;
  • Fluxo de pessoas;
  • Transporte de materiais;
  • Transporte de pacientes em camas adaptadas;
  • E outros.

Área crítica

Áreas críticas são ambientes com alto risco de contaminação e infecção. Exemplos: UTI, salas de cirurgias, banco de sangue e outros.

Área semicrítica

Áreas semicríticas são locais com menor risco de contaminação, mas ainda possui risco. Exemplos: Ambulatórios e enfermarias.

Quais as definições da norma para piso hospitalar?

Para áreas críticas e semicríticas, o revestimento de piso hospitalar, segunda a RDC 50/2002 deve ser resistente no momento da assepsia, para que a limpeza com o uso de desinfetantes e detergente neutro não afete o material.

Além disso, o piso hospital deve ser um tipo de piso monolítico. Ou seja, pisos que não possuem emendas ou juntas. Eles são aplicados por meio de resinas líquidas e é altamente recomendado para o ambiente hospitalar.

Isso porque, justamente por não possuir emendas, não acumula sujeiras e são fáceis de higienizar. Portanto, é preciso que o material seja resistente à lavagem.

No caso de outros materiais, como cerâmicas, a norma determina que se forem usados em áreas críticas, não podem conter índice de absorção de água superior a 4%.

Além disso, usar cimento para o rejunte das peças, sem que haja um agente antiabsorvente, é proibido nas áreas críticas, em função do acúmulo de sujeira e possibilidade de contaminação.

Rodapés

Os rodapés também devem receber uma atenção especial, neste caso, já que devem também permitir a total limpeza do ambiente hospitalar. Por isso, a junção entre o piso hospitalar e o rodapé deve permitir a higienização completa, assim como a união do rodapé com a parede.

Escadas

Para as escadas do ambiente hospitalar, a recomendação do documento da ANVISA sugere que o piso de cada degrau contenha revestimento antiderrapante, além de não possuir espelho vazado.

Rampas

O mesmo se dá para as rampas dos hospitais. Segunda às normas, é preciso que o material do piso não seja escorregadio para evitar qualquer tipo de acidente nesta área.

O melhor piso para hospital

Diante de todas as características e definições da ANVISA, o melhor tipo de piso hospitalar deve ter alta durabilidade, excelente resistência e fácil higienização contra fungos e bactérias. Para isso, o mais indicado é o piso vinílico em manta.

Com a Retaprene, aplicamos Coverfloor, um material de poliuretano (PU), que é excelente para a utilização em hospitais e ambientes de saúde, pois garante ser antibacteriano.

piso antiderrapante para banheiro

Piso antiderrapante para banheiro: Encontre o mais adequado

O piso antiderrapante para banheiro é fundamental para garantir a segurança e evitar acidentes com queda, principalmente para crianças e idosos.

A escolha entre tantos tipos de pisos para casa é uma das tarefas mais importantes na hora da reforma ou construção. Além da estética ser coerente com o projeto, a qualidade e os modelos de pisos devem ser escolhidos com atenção de acordo com as necessidades dos moradores. Casas com crianças ou animais de estimação, por exemplo, podem por pisos mais fáceis de limpar e que não manchem com facilidade.

O modelo também varia de acordo com o cômodo da casa. O piso antiderrapante para banheiro é fundamental para garantir a segurança e evitar acidentes com queda principalmente para crianças e idosos.

Continue a leitura e saiba tudo sobre essa opção.

Benefícios do Piso antiderrapante para banheiro

Banheiros e áreas úmidas, como cozinha, piscina e área de serviço, são aquelas em que aumentam os riscos de quedas. Por isso exigem um revestimento diferenciado, como o piso antiderrapante.

O piso antiderrapante para banheiro reúne segurança, praticidade e beleza complementando sua decoração e dando mais tranquilidade para o seu dia a dia.

Evita queda

Desenvolvido com material rugoso e mais aderente, esse piso para banheiro facilita a dispersão da água e aumenta o atrito, dificultando quedas. Existem diversos modelos de pisos antiderrapantes e um especialista poderá direcionar qual o ideal para dar segurança e combinar com a sua decoração.

Utilização em outros locais

Além do piso antiderrapante para banheiro, ainda existem modelos que podem ser usados na cozinha e na piscina para aumentar a segurança dessas áreas. Pisos fáceis de serem higienizados são perfeitos para a cozinha, enquanto aqueles semelhantes às pedras naturais ficam incríveis em jardins e piscinas.

Indicado para grande fluxo de pessoas

Os pisos antiderrapantes também podem ser muito úteis em locais com grande fluxo de pessoas e de veículos, pois têm mais chances de quedas e escorregões. Isso vale para imóveis comerciais como lojas, ou até um corredor ou hall de entrada de um edifício residencial.

No caso de locais com grande fluxo de veículos, é importante aumentar a aderência entre o piso e os pneus, evitando derrapagens e acidentes que podem ser graves. Portanto, também em estacionamentos é importante o uso de pisos diferenciados para oferecer mais proteção.

Aplicação do piso antiderrapante

A aplicação do piso antiderrapante para banheiro deve ser feita por profissionais capacitados para a função para garantir a qualidade e a eficácia do trabalho. É necessária uma preparação da superfície para que o piso receba um produto e tenha durabilidade, beleza e segurança.

Após instalado, o piso de banheiro precisa de alguns cuidados para garantir sua durabilidade.

A limpeza, por exemplo, pode ser feita primeiro com vassoura de cerdas firmes e, para finalizar, um pano úmido com água quente e detergente neutro.

Para intensificar a limpeza, deixe o detergente neutro misturado com água quente agir por alguns minutos e use a vassoura para esfregar. Enxague com água e retire o excesso com um pano.  Não utilize produtos químicos fortes para não danificar o piso.

Modelos de pisos para casa

Além do antiderrapante para banheiro, existem diversos modelos de pisos para casa. O porcelanato líquido oferece um brilho intenso e é capaz de personalizar o ambiente.

Outra opção diferente é o piso decorativo, que dá personalidade, beleza e muito estilo aos ambientes da casa. Além desses, existem modelos de pisos para todos os gostos e necessidades.

Tipos de pisos para banheiro

Os tipos de pisos para banheiro podem ser possuir estéticas variadas e aparentar madeira, cerâmica, pedras e muito mais! Nada disso impede que ele seja um piso antiderrapante para banheiro.

Consulte sempre um especialista para verificar se o modelo de piso para banheiro escolhido corresponde com as suas necessidades.

Para encontrar o piso ideal para banheiro, ainda recomendamos que além de antiderrapantes, também sejam fáceis de limpar.

como impermeabilizar laje

Como impermeabilizar laje com poliuretano: vantagens e segredos

Aprender como impermeabilizar laje é ficar por dentro de um dos processos mais importantes da construção civil.

A impermeabilização é fundamental para livrar lajes de corrosões e infiltrações, além de protegê-las da ação do tempo, deixar sua aparência mais lisa e dar um ótimo acabamento.

Continue a leitura para aprender como impermeabilizar laje com poliuretano, um dos métodos mais eficientes.

Como funciona a Manta de Poliuretano

A manta de poliuretano é uma das mais eficientes formas de como impermeabilizar laje.

Usada em diversas aplicações, também é ótima para vedação de paredes, piscinas, entre outras superfícies que exigem impermeabilização intensa.

Por que e como impermeabilizar laje com poliuretano?

A impermeabilização é um dos métodos mais eficientes para proteger estruturas e a utilização do poliuretano tem ótimos resultados.

Sem proteção do impermeabilizante, o concreto fica exposto à ação externa de microrganismos, gerando desgastes e reduzindo sua resistência.

O material também pode receber ataques de fungos e bactérias, criando problemas estruturais.

Na prática, ao realizar a impermeabilização de laje, você evita o surgimento de mofo, infiltrações e goteiras, garantindo a saúde estrutural do imóvel e reduzindo gastos com reformas e adequações.

Tipos de impermeabilizantes

Um dos métodos mais eficazes de como impermeabilizar laje é com o revestimento da manta líquida de poliuretano.

Também chamada popularmente de PU, esse material possui alta qualidade e mais durabilidade que outros métodos, oferecendo uma solução duradoura e resistente para seu imóvel.

Saiba mais sobre esse impermeabilizante de laje, um dos sistemas de impermeabilização mais eficazes.

Vantagens de impermeabilizar com poliuretano

Além de ser um dos mais eficientes métodos de como impermeabilizar laje, o Poliuretano também é muito usado em:

  • Caixas d’água;
  • Tanques;
  • Coberturas;
  • Paredes;
  • Piscinas.

Esse impermeabilizante para laje exposta possui muitas vantagens, como a resistência aos produtos químicos corrosivos, às fissuras e trincas, à hidrólise, às altas temperaturas, ao impacto e abrasão e ao desgaste.

Manta impermeabilizante

A manta impermeabilizante para laje de Poliuretano também possui ótima elasticidade, e suporta grandes movimentações, por isso o procedimento ganha o nome de impermeabilização flexível.

Essa flexibilidade permite que a impermeabilização seja resistente aos movimentos estruturais e térmicos, como dilatação e contração, sem danos ao local.

O produto também proporciona facilidade na limpeza para higienização completa da superfície. Ela adere em diversas superfícies, como alumínio, aço, madeira, borracha, fibra de vidro e, é claro, é ótima como produto para vedar laje de concreto.

Tempo de espera para usar a laje

Após apenas 24 horas da aplicação da manta, já é possível realizar o tráfego intenso sobre a superfície.

Isso mostra a resistência e praticidade da manta para laje de Poliuretano. Entre outras vantagens ainda está o isolamento acústico das lajes de cobertura e a redução de deslizamento de carga.

Ela ainda é ecológica, não emitindo gases poluidores e não sendo prejudicial ao meio ambiente.

Como funciona o processo?

O primeiro processo para aprender como impermeabilizar laje é a preparação do local, também chamado de cura.

O passo seguinte é vedar todas as trincas e porosidades acabando com a possibilidade de infiltrações e outros problemas.

Com a primeira cobertura de laje feita, chegou o momento de preparar o substrato de concreto, lixando a superfície para eliminar ondulações e criar ranhuras para que o produto para impermeabilizar tenha aderência.

Logo após, se aplica o primer e a manta de poliuretano, ou PU, um excelente impermeabilizante para laje com o auxílio de um rodo dentado para dar uniformidade. Para o acabamento é indicado o uso de antiderrapante e a pintura final com o próprio poliuretano.

Foto: Meramente ilustrativa
Manta impermeabilizante de telhado

Manta impermeabilizante de telhado: uma soluções para proteção da casa

Independente se a região que você mora é mais chuvosa ou não ou propensa a desastres naturais, o telhado de uma casa é um dos pontos mais vulneráveis. Entretanto uma das formas de fazer isso é com a manta impermeabilizante de telhado.

A manta pode não resolver todos os problemas possíveis, porém é capaz de proteger não só seu telhado mas sua casa inteira de situações como infiltrações. Que definitivamente podem causar muito mais danos que o esperado.

O que é a manta impermeabilizante de telhado

Os impermeabilizantes costumam exercer mais de uma função. Sendo capazes de proteger não só dos efeitos da água mas como também oferecer uma proteção às altas temperaturas e danos físicos.

Os produtos utilizados transformam as superfícies do telhado em lisas e removem toda a porosidade, ou seja, até trincos e rachaduras são eliminados no final das contas.

São pequenos detalhes que fazem que com que gastos em manutenção sejam reduzidos significativamente e tudo isso sem modificar o visual da lugar.

Por que devo impermeabilizar o telhado da minha casa ?

A verdade é que não é nenhum tipo de obrigação você precisar impermeabilizar o telhado,  na realidade talvez seja algo que passe despercebido.

Mas quando levamos em conta as vantagens e facilidades que a técnica pode oferecer para seu conforto, a ideia de não ser algo necessário cai por terra.

É indiscutível que o telhado seja uma das partes mais expostas as adversidades do tempo. E lembrando de sua função principal é mais que uma vaidade e sim uma real utilidade a impermeabilização.

Independente se seu telhado é com telhas ou na verdade uma laje sem cobertura, até caso você tenha optado por subcobertura. A manta impermabilizante de telhado irá fazer toda a diferença a longo prazo.

Para uma impermeabilização de qualidade conheça os produtos Retaprene entrando em contato conosco.

Revestimento de poliuretano

Revestimento de poliuretano: onde podem ser aplicados

O revestimento de poliuretano proporciona um acabamento autonivelante em qualquer tipo de piso em que for aplicado ou um revestimento para impermeabilização de em peças ou canos. Associado a um aumento da resistência.

Ainda há forma de revestimento que transformam o piso em antiderrapante, sendo principalmente utilizado em situações de declive acentuado.

As vantagens do revestimento de poliuretano

Algumas características são tão atrativas em relação aos revestimentos que se tornam as principais vantagens e benefícios do produto. Conheça as principais vantagens dos revestimentos Retaprene:

  • Extremamente resistente a impacto, fissuras, abrasão, contato com a água e temperaturas elevadas;
  • Tem a função antiderrapante;
  • Adere facilmente a todos os tipos de superfície;
  • Aumenta a vida útil do piso ou peça revestidas pelo material;
  • Manutenção – limpeza e reparo – simples e rápida.

A resistência dos materiais com revestimento resinas de poliuretano é o que mais chama a atenção de quem pretende investir em produtos nessa área.

As aplicações do revestimento de poliuretano

Apesar das boas vantagens o revestimento não pode ser aplicado sem mínimo de cuidado e em qualquer lugar sem análise prévia do local. Os principais locais que o revestimento é aplicado são em peças, estações de tratamento de esgoto e bacias de contenção.

Revestimentos em ETE

O revestimento das estações de tratamento de esgoto é a única forma de proteger totalmente o meio ambiente dos resíduos que são liberados pelo tratamento. A resina utilizada é a Coverprime de poliuretano.

Revestimento em bacias de contenção

As bacias de contenção são utilizada para reter produtos que possam causar danos a natureza, como produtos químicos, impedir vazamentos de tanques e tubulações.

Assim como em ETE, o revestimento de bacias de contenção também utiliza da resina de poliuretano Coverprime.

Revestimento de peças

O revestimento de poliuretano, como comentamos antes aumenta a resistência e durabilidade dos pontos onde ele for colocado. E ao colocá-lo como revestimento de peças é uma economia com manutenção.

São as características do poliuretano, como flexibilidade e resistência que fazem com que ele se encaixa em diferentes cenários mantendo sempre a mesma alta qualidade.

Leia também:

O que é impermeabilização e seus principais tipos

O que é impermeabilização

O que é impermeabilização e seus principais tipos

Está em todos os lugares e quando feita da forma ideal é extremamente vantajosa, para saber melhor sobre suas vantagens é preciso entender o que é impermeabilização.

Além disso a dois tipos diferentes que variam de acordo com o local a ser impermeabilizado e material usado.

O que é impermeabilização ?

A grosso modo  é uma forma de proteção de estruturas e de certa forma muito recomendada por seus benefícios indiscutíveis.

A impermeabilização é usada para impedir que a água, independente da origem, entre em contato com estruturas e superfícies de concreto que sejam facilmente danificadas por ela.  

A proteção dessas estruturas e superfícies impede a diminuição do tempo de vida útil e desgastes prematuro que possam causar acidentes. Sem dúvidas uma das soluções ideais para problemas de infiltração.

Quais os tipos de impermeabilização

Há uma variedade de materiais diferentes para esse processo disponíveis no mercado. 

As impermeabilizações são divididas em duas categorias – rígida e flexível . Sendo que cada uma delas tem uma melhor aplicação em diferentes superfícies e funções.

O que é impermeabilização flexível

A forma como o material para  impermeabilização flexível é  fabricado proporciona como o nome diz uma maleabilidade e facilidade em aplicação. Podem ser comercializadas em mantas ou misturas.

Por sua flexibilidade são ideais para lajes,coberturas de terraços, banheiro, área de serviço, reservatórios e ao redor de piscinas.

O material mais usado é o poliuretano ou PVC.

O que é impermeabilização rígida

Estruturas menos arriscadas a ter fissuras ou trincas, quando são impermeabilizadas, são compatíveis com a rígida. A rígida por ser menos flexível bem mais suscetível a fissuras quando a estrutura é instável, portanto ao usá-la tenha certeza que o local está nas condições ideais.  

Os melhores lugares para aplicação são pisos que mantém contato direto com o solo, piscinas enterradas e estruturas de contenção.

As resinas epóxi são um bom exemplo de o que é impermeabilização rígida.

Algumas recomendações essenciais

O melhor a se fazer é sempre planejar aplicação no período de aprovação de projetos. Não que não haja como aplicar a técnica depois, mas em geral é muito mais simples quando essa aplicação ocorre antes.

Não tente fazer isso em casa sozinho. Pode até parecer uma pequena bobagem, mas o sucesso do processo só pode ser garantido quando ele é realizado por profissionais.

A Retaprene realiza o processo em locais como:

 

Como aplicar o piso epóxi autonivelante

Como aplicar o piso epóxi autonivelante e ter um excelente resultado

O modo de como aplicar o piso epóxi autonivelante interfere diretamente no resultado desejado, pois há técnicas específicas que precisam utilizadas.

Sabemos que ter o conhecimento de profissionais habilitados faz toda a diferença na hora de finalizar uma reforma em um cômodo. A resina epóxi contribui com uma aparência muito mais moderna e prática.

O que é o Epóxi

Ter em mente a aparência de uma tinta de qualidade é a associação mais fácil para compreender como funciona o piso Epóxi, pois a textura é semelhante, mas com um resultado surpreendente.

Trata-se de uma resina muito utilizada pela construção civil como revestimento em pisos residenciais e industriais.

Algumas de suas vantagens são:

  • Fácil aplicação;
  • Não acumula sujeiras/poeiras;
  • Não há emendas;
  • Pode ser aplicado em cima de outros pisos.

Coverfloor

É uma resina feita com Epóxi que não tem a presença de nenhum tipo de solvente. Ela cria uma barreira contra os desgastes ocasionados pelo tempo. A cura (tempo de secagem) acontece em até 24 horas

Ferramentas para aplicação do piso epóxi

Para aplicar corretamente o piso de epóxi, o profissional responsável terá que investir em ferramentas de alta qualidade para obter resultados esperados pelo cliente.

Sabemos que o piso faz parte da decoração de qualquer ambiente, principalmente a que foi idealizada por um arquiteto ou design de interiores. O resultado entregue atinge diretamente todas as expectativas de quem utilizará o ambiente.

Confira as ferramentas fundamentais.

Rodo dentado

O rolo dentado é a ferramenta utilizada para que seja possível espalhar tanto resinas quanto os autonivelantes. Ele é fabricado com lâminas dentadas em que a espessura varia entre 1 a 10 mm.

Rolo

Para que o piso em Epóxi autonivelante tenha uma aparência uniforme, o profissional precisa utilizar o rolo adequado, que é capaz de espalhar o produto corretamente.

Rolo fura bolhas

Em alguns casos, o chão pode gerar bolhas indesejadas que comprometem a aparência do piso, por isso é importante que haja um rolo fura bolhas. Ele consegue eliminar as bolhas e deixa o piso liso.

Sapato prego

Talvez você já tenha visto alguns vídeos em que os profissionais aplicam o produto e conseguem pisar em cima sem danificar a estrutura. Longe de ser uma mágica o que eles estão utilizando são sapatos pregos que possuem tecnologia que permite a ação.

Passo a passo de como aplicar o piso epóxi autonivelante

Confira os seis passos importantes de como aplicar o piso epóxi autonivelante.

  1. Com o chão limpo e seco, derrame o Epóxi autonivelante.
  2. Espalhe o produto com o rolo dentado.
  3. Caso haja bolhas, utilize também o rolo fura bolhas.
  4. Deixe toda a aplicação uniforme com o rolo apropriado.
  5. Para não manchar ou deixar o piso irregular, faça todo o procedimento com sapatos pregos.
  6. Aguarde a cura por 24 horas.

Seguindo todas nossas dicas é possível usufruir de um ambiente bonito, prático e agradável.

Confira também:

Onde aplicar pisos decorativos

Pisos Antiderrapantes

Pisos antiderrapantes: quais os cuidados que devemos ter com o piso

Os pisos antiderrapantes podem ser aplicados em qualquer ambiente, tanto externo quanto interno, sem perder sua principal funcionalidade.  Esse tipo de piso deve ser instalado em ambientes com contato direto e frequente com a umidade.

Outro ponto a se considerar para a instalação de um piso antiderrapante é a frequência do tráfego no local, principalmente onde há rampas ou o piso possui uma diferença em alturas.

Como é feita a limpeza dos pisos antiderrapantes

A limpeza dos pisos antiderrapantes pode ser feita de duas formas, uma mais simples e leve para o dia a dia outra mais intensa e pesada.  Uma principal diferença desse piso entre os outros é sua aspereza, essa característica no momento da limpeza faz diferença.

Para a limpeza do dia a dia o ideal é passar a vassoura e um pano úmido duas vezes por semana.  Certifique-se que as cerdas da vassoura são mais firmes para que a limpeza não sobre resíduos de poeira.

Apesar dos pisos antiderrapantes serem mais resistente que os outros, o uso de produtos químicos muito fortes pode levar a danos, por isso o ideal é usar água quente e detergente neutro.

Deixe o detergente neutro com a água quente agir por 5 minutos e com a mesma vassoura de cerdas firmes utilize para esfregar o chão de forma circular. Ao enxaguar continue usando a água quente para facilitar a remoção das sujeiras, em especial as gordurosas.

Como conservar os pisos antiderrapantes

Para conservar o piso algumas dicas básicas devem ser seguidas, além da limpeza periódica.  Evitar o uso de produtos químicos como alvejantes e removedores de mancha que não sejam especificamente fabricados para esse papel.

Não utilizar ceras, elas entram nos poros do piso e podem “alisar” o chão, ou seja, retira o efeito antiderrapante.

Eles são simples de manter, duráveis e ainda podem abafar os ruídos entre andares. Para pedir o orçamento de seu piso antiderrapante entre em contato conosco.

resinas de poliuretano

O que são as resinas de poliuretano e saiba onde utilizá-las

Destinadas a impermeabilização, rigidez de pisos com grande tráfego de veículos, revestimento e nivelamento, as resinas de poliuretano da Retaprene são comercializadas em quatro tipos:

  • Coverfloor;
  • Retadur;
  • Coverprime;
  • Retherm.

O que são as resinas de poliuretano?

As resinas de poliuretano são bicomponentes, ou seja não possuem solventes em sua composição.

Cada uma das quatro resinas tem melhor aproveitamento em diferentes funções.

A aplicação é feita com um rolo em piso preparado, as resinas estão disponíveis em uma variedade de cores.

Resina Coverfloor

As resinas de poliuretano Coverfloor são aplicadas para que se possa obter uma superfície lisa e resistente à abrasão mecânica com altíssima durabilidade.

A impermeabilização com a resina cria uma proteção contra corrosão e desgastes naturais. A resina permite que o processo de limpeza do piso seja mais fácil.

Resina Retadur

A Retadur tem como objetivo oferecer uma superfície rígida com longa durabilidade, principalmente em locais com grande passagem de veículos e cargas.

As resinas de poliuretano Retadur são resistentes, fáceis de aplicar antes de sua secagem e, pós-cura, são extremamente rígidas.

Resina Coverprime

A Coverprime é ideal para impermeabilização de lajes, piscinas, tanques, estações de tratamento, paredes entre outros.

A resina Coverprime é da mais alta qualidade e elasticidade, resistindo a qualquer tipo de ruptura e abrasão.

A resina além de impermeabilizar, cria uma extensão lisa e sem juntas, o que diminui o acúmulo de micro-organismos e sujidades, facilitando a limpeza e higiene do local.

Resina Retatherm

Diferentes das outras três resinas de poliuretano, a Retatherm é aplicada logo após a espuma rígida, também em poliuretano. O objetivo é a finalização do isolamento térmico do ambiente.

Com mais de 10 anos de experiência e estudo, a Retaprene tornou-se especialista em produtos à base de poliuretano e polímeros rígidos e flexíveis.

Trabalhamos com isolamento termoacústico, impermeabilização, revestimento, selantes e adesivos. Estamos sempre trazendo os melhores produtos para nossos clientes.

Entre com contato com a equipe Retaprene ou procure um dos representantes mais próximos de você para saber mais sobre nossos produtos e serviços.

resina epóxi

Resina epóxi: Saiba onde utilizá-la

A Retaprene comercializa três tipos diferentes de resina epóxi, cada uma com uma área em que suas especificações são bem mais aproveitadas.

Elas podem ser aplicadas em:

  • acabamento de piso;
  • nivelamento de piso;
  • aumento da resistência do piso.

 Quais os diferentes tipos de resina epóxi

Os três tipos de resina da Retaprene possuem diferentes especificações, sendo usadas principalmente para resistência mecânica. As resinas epóxi são fáceis de manuseio e aplicação durante o estado líquido.

Os tipos de resina comercializados pela Retaprene são:

Retapoxi-prime

Composta por resina epóxi bi-componente de imprimação, ideal para o recobrimento de pisos feitos com base em epóxi. Usada na ativação das superfícies que irão passar por impermeabilização.

Os materiais que compõem os substratos podem ser nylon, aço, PVC, plásticos, concreto, cerâmica ou poliéster.

Retapoxi-piso alta espessura

Utilizada para um acabamento mais preciso e com excelente resistência mecânica, fabricada com epóxi bi-componente, o que favorece o baixo custo da resina.

Garante autonivelamento, com tempo de secagem em média de 24 horas, em pisos de madeira, plástico, concreto entre outros. A aplicação pode ser feita com rolo ou rodo nivelador.

Retapoxi-piso – Múltiplas camadas

Esse epóxi bi-componente é usado para correção de imperfeições ou utilizados em pisos com alto tráfego pesado. Seu sistema de aplicação em várias camadas de argamassas cria uma superfície de altíssima resistência.

Por que escolher as resinas Retaprene?

A Retaprene é uma empresa com 15 anos de existência, nossos serviços são reconhecidos pela alta qualidade, desde o atendimento até a durabilidade dos produtos.

Atuamos no segmento de desenvolvimento de peças técnicas em poliuretano (PU) e polímeros flexíveis e rígidos. Além das resinas trabalhamos com:

  • Impermeabilização;
  • Revestimentos e pisos;
  • Adesivos;
  • Selantes;
  • Resinas em poliuretano;
  • Peças em PU;
  • Isolamento termoacústico.

A base do relacionamento entre a Retaprene e seus clientes é de comprometimento, profissionalismo e ética, sempre tendo em mente nosso maior objetivo, a satisfação de cada cliente.

O portfólio Retaprene inclui empresas como Alcoa, Embraer, Cyrela, CPTM e AES Eletropaulo entre outras.

Para conhecer melhor os serviços da Retaprene e receber um atendimento personalizado procure um de nossos parceiros mais próximos de você.

Entre em contato com nossa equipe, que está sempre disponível para auxiliar em qualquer necessidade.

impermeabilização industrial

O que é a impermeabilização industrial?

A impermeabilização industrial é uma técnica realizada com poliuretano (PU) líquido que oferece uma cobertura resistente e duradoura, uma forte necessidade principalmente para pisos industriais.

O processo todo é feito por profissionais treinados pela Retaprene, que são especializados na aplicação do poliuretano líquido.

Os passos para uma boa impermeabilização industrial

A impermeabilização industrial é realizada no mínimo em três passos diferentes para atingir o resultado ideal.

Preparação do solo

Definido os ambientes que a impermeabilização irá acontecer, a equipe Retaprene irá lixar a superfícies de forma que qualquer ondulação seja eliminada.

O solo de concreto deve ser lixado até que no lugar das ondulações surjam ranhuras para facilitar a aderência do impermeabilizante.

Pré-impermeabilizante

Uma tela estruturante é colocada pela extensão do solo lixado e o primer aplicado por cima, para fixar a tela.

Impermeabilização com poliuretano líquido

A última camada para impermeabilização é o poliuretano líquido, que é espalhado com auxílio de um rodo dentado, assim o produto é espalhado de forma uniforme. Um teste com água é feito 72 horas depois da aplicação.

Após a secagem caso seja necessário é possível transformar o piso em antiderrapante ou até mesmo pintá-lo. Esse serviço também é realizado pela Retaprene.

As vantagens e manutenção de um piso com impermeabilização industrial

A impermeabilização permite que o piso ganhe uma resistência extra contra impactos, aparecimento de rachaduras pelo tempo ou pela constante passagem de materiais de peso e uma maior resistência química.

Os principais motivos da impermeabilização é de:

  • Proteger os lençóis freáticos;
  • Proteger o solo das substâncias prejudiciais que são produzidas pelas indústrias;
  • Impedir a aparição de mofos, infiltrações e goteiras.

Não existem muitos cuidados específicos para manter o piso impermeabilizado, a limpeza é simples.

O serviço completo é realizado pela equipe de profissionais capacidades e treinados pela Retaprene, que com a vasta experiência de mercado é uma das líderes de mercado.

Entre em contato conosco e utilize os serviços de impermeabilização industrial Retaprene.

selantes de poliuretano

O que são os selantes de poliuretano

Os selantes de poliuretano (PU) são resinas de um material resistente, facilmente moldável e de baixo custo, utilizados no processo de chumbar ou fixar materiais. O selante é uma barreira protetora.

No mercado, existem diversos tipos de selantes, porém o selante de PU (ou chumbador químico como é conhecido) são os preferidos, pois sua aderência e capacidade de vedação não perdem a qualidade mesmo com os diferentes materiais.

As utilidades para os selantes de poliuretano

Os selantes de poliuretano são componentes bicomponentes, ou seja sem a presença de solventes na fórmula. Sua resina é fluída e perfeita para isolar fissuras e cavidades.

Sua maior aderência o torna ideal para o uso em variados tipos de superfícies, entre elas:

– Portas, janelas e calhas;

– Estrutura de concreto;

– Vedação;

– Rejuntamento no geral;

– PVC;

– ABS;

– Chapas de aço galvanizado;

– Madeira;

– Fibra de vidro.

Na área industrial, os selantes são usados para colagem e fixação de carrocerias, baús, ônibus, trailers, equipamentos de refrigeração etc.

Aplicação do selante em PU

Para aplicação do selante de poliuretano é preciso certificar-se que a superfície está livre de poeira, umidade, mofo, ferrugem ou qualquer outra substância que possa ficar grudada no selante, afetando a qualidade do resultado final.

É recomendado manter o ambiente em que o selante será aplicado bem arejado e para um bom acabamento o uso de fitas demarcando a área.

O selante é bem flexível e, com a ajuda de uma espátula, pode ser moldado conforme o necessário.

A Retaprene trabalha com outros tipos de peças em poliuretanos. Além dos selantes e peças também trabalhamos com:

–  Impermeabilizantes;

– Isolamento térmico;

– Pisos e revestimentos;

– Resinas.

Com 15 anos de mercado e uma lista de clientes que contam com nomes como Embraer, Alcoa, CPTM e Aes Eletropaulo, nossos produtos são os da mais alta qualidade.

Entre em contato conosco e faça parte da família Retaprene.

impermeabilização de laje

Passo a passo de como fazer impermeabilização de laje

A impermeabilização de laje com uso de poliuretano (PU) é um dos grandes benefícios que os proprietários de imóveis poddem investir sem medo, pois o processo só gera inúmeros benefícios.

Ao impermeabilizar o concreto, você permite um local com muito mais resistência química, fácil de limpar e sem perda de espaço. Além disso, a técnica permite:

  • Uma laje resistente ao impacto, desgastes e abrasões;
  • Livre dos ataques de bactérias e fungos;
  • Redução significativa de ruídos e vibrações;
  • Baixa viscosidade.

Uma laje impermeabilizada tem a capacidade de gerar uma barreira contra a água, o que garante menos riscos do imóvel sofrer com infiltrações, goteiras ou ações de mofos.l

Vamos aprender como é feita uma impermeabilização de laje? Confira!

1 – Impermeabilização de laje com Coverfloor

A escolha de um produto de qualidade para realizar a impermeabilização é o primeiro passo para a satisfação quando o trabalho for concluído.

Indicamos o uso da Coverfloor, uma resina bi-componente (que não há a presença de solventes), capaz de deixar o local com um design moderno, prático e livre da presença de micro-organismos.

A textura da Coverfloor é semelhante ao mel. Ela é capaz de percorrer os mesmos caminhos que a água, o que significa uma excelente barreira e vedação de trincas/porosidades.

2 – Preparação do substrato de concreto

Para começar o processo de impermeabilização da laje deve-se lixar a superfície de concreto para que seja possível eliminar as ondulações e criar ranhuras necessárias, o que torna possível a adesão do poliuretano.

3 – Primer em poliuretano (PU)

Com o uso de um rolo feito de lã, aplica-se um primer de poliuretano sobre a tela estruturante. Esse processo também é conhecido como fundo preparador.

O primer em PU é um importante item que contribui para um acabamento superior . Trata-se de uma tinta classificada como especial que prepara a superfície para a impermeabilização.

4 – Poliuretano impermeabilizante

Depois que a laje recebe a camada de primer, é hora de começar a impermeabilização. Para isso, utiliza-se um rodo dentado, a melhor opção para espalhar o produto de forma uniforme.

A superfície deve ficar um uma aparência lisa e sem deformações.  Recomenda-se também o uso de uma camada antiderrapante, que evita quedas e escorregões, e uma pintura final em pu para finalizar o trabalho.

Deseja conhecer como a Retaprene faz a impermabilização com Poliuretano? Assista ao vídeo abaixo:

Leia também: Aprenda como conservar piso de porcelanato líquido

Solicite os serviços de impermeabilização de laje com a Retaprene

Peça em PU

Peça em PU: Alta qualidade a baixo preço de custo

A peça em PU é fabricada em poliuretano, um material resistente e de baixo custo, muito utilizada nas áreas de indústria siderúrgica, automobilística, naval, aeronáutica e  grandes fabricantes de peças.

A Retaprene é uma empresa especialista no segmento de inovações com poliuretano (PU) e polímeros flexíveis ou rígidos.

Desenvolvemos os melhores produtos para suprir as necessidades de nossos clientes.

Os tipos de peça em PU

A Retaprene comercializa diversos tipos de peças em pu, todas são feitas sob medida. Conheça algumas das peças que a nós comercializamos e suas características.

Peças técnicas em Poliuretano (PU)

Abundantemente usadas na área industrial, por sua resistência e durabilidade, são fabricadas através da estrutura elastomérica, que é isolante térmico flexível.

Esferas para limpeza (pigs)

São utilizadas para retirar a sujeira de tubulações, conexões hidráulicas e dutos.

Pele integral

Uma camada elástica que serve como proteção interna de objetos para que fiquem seguros das ações mecânicas.

Acoplamentos em Poliuretano

São colocados em rodas de skate, amortecedores industriais, molas para estampo, rodízios etc.

Placa em Poliuretano (PU) expandido rígido Retatherm

Servem para isolamento acústico, isolamento térmico e suporte para cargas em tanques de armazenamento.

Retatherm-placa

Por oferecer isolação térmica é aplicável em câmaras frias, painéis frigoríficos e tanques para isolação à baixa temperatura.

Revestimento de caçambas

Feito com poliuretano elastomérico, um material flexível, resistente à tração e à fricção.

Revestimento de peças em Poliuretano (PU)

Técnica muito utilizada pela compatibilidade com diversos materiais, porém mais utilizada em peças técnicas, pois aumenta a resistência da peça.

Cilindros e roletes

Oferecem alongamento com ótima elasticidade, resistência à abrasão e tração mecânica, também possuem propriedades elétricas, térmicas e químicas.

Mantas em Poliuretano

Ideais para segmentos que precisam de amortecimento de vibrações e sistemas que realizam vedações, as mantas possuem ótima resistência química e física.

Retablock

Com capacidade para se moldar em Poliuretano (PU) ou Polisocianurato (PIR), é usado para impermeabilizar os lugares com base em PU. É possível personalizar o Retablock com pintura.

Há mais de 15 anos, a Retaprene trabalha com peças em PU. Somos reconhecidos por nossa excelência e profissionalismo. Confira nosso portfolio.

Peça seu orçamento e entre para nossa lista de clientes.

Piso de porcelanato líquido no chão da sala

Piso de Porcelanato Líquido: Conheça suas características

O piso de porcelanato líquido é ideal para mudar totalmente a cara de um ambiente, ele pode ser personalizado e proporciona um brilho extraordinário.

Ao investir no piso de porcelanato deve-se ter em mente que por ser diferente dos pisos comuns, exige um cuidado diferenciado.

Já falamos sobre isso de forma mais completa em um dos nossos artigos: Aprenda como conservar piso de porcelanato líquido. Não se esqueça de conferi-lo para entender melhor como manter seu piso.

Neste artigo, vamos falar um pouco mais sobre as vantagens e como é aplicado o piso porcelanato líquido.

Como funciona a aplicação da resina

Por estar em estado líquido, a resina é facilmente aplicada por aqueles que já trabalham com ela. Não tente aplicá-la por conta própria, já que isso pode levar a rachaduras no piso.

O piso de porcelanato é autonivelante, ou seja, a superfície em que ele será aplicado deve estar limpa, e nada mais. A resina por si só cria uma camada em cima do piso que o nivela.

A resina é despejada na superfície e, com a ajuda de um rodo dentado, o profissional faz a aplicação de uma camada de 1,5 mm de espessura.

Para a aplicação da resina em pisos adesivados é preciso garantir que o adesivo esteja liso, sem bolhas ou falhas para não danificar o resultado final.

O tempo de secagem é de 24 horas. Durante esse período, tentar ao máximo evitar que a superfície entre em contato com qualquer tipo de sujeira que possa grudar na resina.

Benefícios do piso de porcelanato líquido

O piso de porcelanato líquido traz muitas vantagens para o cliente, entre elas:

  • Por ser um piso monolítico (uma única camada) não possui juntas, o que impede o acúmulo de sujeiras;
  • Pode ser aplicado em cima de diversas superfícies diferentes sem perder a qualidade;
  • Disponível em várias cores, inclusive transparente, e pode ser personalizado de acordo com a vontade do cliente;
  • Adapta-se perfeitamente em cima de adesivos;
  • Não absorve substâncias que possam gerar manchas no piso;
  • Suporta impactos, é resistente e tem ótima durabilidade;
  • Dispensa uso de ceras ou produtos químicos para dar brilho;
  • Resistente ao calor.

Considerando as vantagens e o resultado final excepcional comprar porcelanato líquido é um negócio vantajoso.

A Retaprene tem disponível diversos modelos para escolha. Entre em contato e faça um orçamento.

impermeabilizar piscina e reservatório

Por que impermeabilizar piscina e reservatório?

Impermeabilizar piscina e reservatório é um processo importante para evitar gastos desnecessários com energia de bombeamento ou contaminação da água que chega em casas de família. 

Impermeabilização em Poliuretano (PU) possibilita uma proteção para a estrutura e o terreno onde for aplicado. A técnica possui a vantagem de ser atóxica e não afeta a saúde ou ao meio ambiente.

Evite danos estruturais e problemas de desperdício

A manutenção de uma piscina exige sempre muita atenção. A própria impermeabilização já elimina o risco de um vazamento, evitando o desperdício de litros e litros de água, além de proteger os lençóis freáticos da água clorada. Recomendamos que seja feita durante a construção com o objetivo de evitar uma nova reforma e gastos extras.

Esse tipo de impermeabilização pode feita em outros ambientes como:

  • Fontes;
  • Lagos artificiais;
  • Piscinas de clubes;
  • Poliesportivas;
  • Condomínios.

Impermeabilizar piscina e reservatório com segurança e eficiência

O processo de impermeabilizar piscina e reservatório pode ser feito com Poliuretano testado pelos laboratórios Retaprene, o processo não traz riscos de contaminação para a água que irá ser distribuída pelas caixas d’água.

Além dos diversos testes feitos em laboratórios próprios, órgãos reconhecidos do controle de qualidade e saúde confirmaram a segurança e eficácia de nossos produtos. Seguimos a risca todas as normas de segurança para que tudo saia em perfeitas condições com a fim de que o cliente fique satisfeito com os serviços prestados.

Por que escolher a Retaprene para sua impermeabilização?

Com mais de 15 anos de história, nossa empresa presa pela satisfação total do cliente. Usamos materiais de altíssima qualidade e todos certificados pelos órgãos qualificadores especializados. Nossa lista de clientes é extensa, dentre eles AES Eletropaulo, Alcoa, Embraer, Cyrela, CPTM etc. Não há reclamações do nosso trabalho no Reclame aqui.

A equipe Retaprene conta com profissionais treinados para impermeabilizar piscina e reservatório de forma segura, eficiente e eficaz.

Atuamos com  excelência nos serviços que oferecemos. Entre em contato conosco e contrate nossos serviços.

Pisos decorativos

Onde aplicar pisos decorativos

Os pisos decorativos são excelentes apostas para quem busca trazer mais personalidade aos ambientes. Para que ele seja aplicado de forma mais eficiente, deve-se conhecer bem onde deseja aplica-lo e qual o melhor material a ser utilizado para em todos esses processos.

Vamos começar explicando os locais mais apropriados para a aplicação do piso decorativo. Ele pode ser desenvolvido tanto para ambientes corporativos mais rígidos quanto mais dinâmicos, o que irá definir quais tipos de formatos, desenhos e aplicações será utilizado.

Inicialmente, ele deve ser pensado como parte da comunicação visual de uma empresa, pois contribui para demarcar as áreas em que se deseja inserir o logotipo, mascotes, personalizar com desenhos e formas.

Pode ser aplicado em:

  • Quadras;
  • Áreas industriais;
  • Garagens;
  • Ambientes residenciais;
  • Estacionamentos.

Outros ambientes também são viáveis, basta contar com uma equipe profissional para avaliar o ambiente e indicar as melhores soluções.

Leia também: Piso esportivo personalizado: Conheça a melhor técnica para esse ambiente

Por falar em ambientes, vamos conhecer melhor quais matérias-primas podem ser utilizadas para personalizar os pisos?

Tipos de matérias-primas para pisos decorativos

Para oferecer um excelente acabamento e os melhores resultados, entender quais matérias-primas utilizar para ter pisos decorados é o melhor caminho.

Atualmente, dois produtos são mais utilizados para essa finalidade. São eles o:

  • Poliuretano;
  • Epóxi.

Poliuretano

O Poliuretano (PU) é um polímero que apresenta baixo custo de produção sem perder a capacidade em apresentar uma excelente resistência e durabilidade.

A estrutura do PU garantem aderência e impermeabilidade, além de ser livre de solventes. Ele realiza uma impermeabilização em:

  • Lajes;
  • Piscinas;
  • Tanques;
  • Paredes;
  • Coberturas.

Epóxi

Uma das principais características empregadas ao Epóxi é ter um alto brilho característico, além de oferecer resistência mecânica e química.

A Retaprene atua com produtos sustentáveis de alta qualidade e garantia de excelentes resultados. Para solicitar um piso decorativo ao seu ambiente, entre em contato conosco.

Confira também:

Aprenda como conservar piso de porcelanato líquido

piso esportivo personalizado

Piso esportivo personalizado: Conheça a melhor técnica para esse ambiente

O piso esportivo personalizado garante ao ambiente muito mais que apenas deixá-lo com a identidade do local, traz a segurança e conforto aos seus usuários, quando se escolhe bem a melhor técnica.

Para obter todos os benefícios é necessário investir em produtos de alta qualidade e compreender como eles são fabricados, suas características e os benefícios adquiridos.

Neste artigo, vamos apresentar como é feito o trabalho de personalizar os pisos de quadras, academias de ginástica, entre outros ambientes esportivos com o uso do Coverfloor, uma resina oriunda do Poliuretano (PU).

É possível personalizar o chão com:

  • Logotipos;
  • Frases;
  • Marcações.

A personalização é feita de acordo com a prática esportiva escolhida para ter no local.

Piso esportivo com Coverfloor

O Coverfloor foi desenvolvido pela Retaprene para atender aos mais exigentes clientes que desejam ter pisos esportivos de alta qualidade, resistência e com uma série de vantagens para que o custo-benefício seja identificado com facilidade.

Uma das suas características marcantes é ser livre de solventes. Parece um mero detalhe, mas não é.

Solventes são substâncias nocivas à saúde que permanecem no ar do ambiente mesmo depois que o piso secou, o que causar problemas respiratórios como o agravamento de rinites alérgicas, asmas, além de dores de cabeça, náuseas, entre outros sintomas.

Vale a pena investir num produto que garante a beleza desejada ao ambiente sem que haja a presença de substâncias prejudiciais ao meio ambiente e à saúde.

Informações técnicas

A aplicação do Coverfloor é de forma uniforme, o que significa que não há presença de juntas. Ela é feita por profissionais com conhecimentos técnicos, o que garante excelentes resultados. O material tem como características:

  • Ser fácil de limpar;
  • Não acumula sujeiras;
  • Livre de umidade;
  • Sem presença de micro-organismos.

Confira mais informações técnicas abaixo:

Piso esportivo personalizado com Coverfloor

Componente A: 100 partes
Componente B: 34 partes
Pot-Life: 25°C/minuto
Dureza Shore A: entre 95 e  98
Cura total: 25°C com 65% UR (h)

 

Além de todas as vantagens já citadas, o produto fica pronto para uso 24 horas depois de sua aplicação.

Solicite seu piso esportivo personalizado com a Retaprene. Entre em contato conosco.

isolamento termoacústico de telhas

Como é feito o isolamento termoacústico em telhas

O isolamento termoacústico em telhas é destinado a quem deseja ter acesso a uma resina que garante impermeabilização, material antirruído e com excelente isolamento térmico em telhas. Todo o processo de minimizar os ruídos é elaborado com tecnologias que são capazes de sanar esse problema.

A Retaprene desenvolveu uma tecnologia que consegue isolar tanto termo quanto acusticamente as telhas de nossos clientes com a fabricação do Retatherm.

Vejamos mais informações ao seu respeito, a seguir.

Isolamento termoacústico em telhas com Retatherm

O isolamento termoacústico com Retatherm é alcançado através das propriedades ideais que foram desenvolvidas e que podem ser aplicadas em telhados e paredes com constante presença de calor como o do sol ou de outras fontes.

A resina é aplicada com uma ótima aderência em diversos tipos de materiais, tais como:

  • Fibrocimento.
  • Concreto.
  • Plástico.
  • Madeira.
  • Metal.

A Retatherm garante segurança, pois sua aplicação é à prova de fogo. Além disso, é uma das opções mais econômicas encontradas no mercado. Seu custo-benefício se torna muito vantajoso quando o cliente percebe uma economia com o consumo de energia elétrica.

A aparência do telhado passa a ser com uma superfície aluminizada que é um dos fatores que contribui para auxiliar na reflexão do calor com a vantagem de se ter uma superfície homogênea.

Diferença comprovada da diminuição da temperatura do ambiente

Num teste elaborado pela Retaprene, identificou-se que com uma temperatura externa de 36°C gera ao menos 34°C dentro de um ambiente composto por um telhado sem proteção. Já quando se aplica a resina, há uma considerável redução de temperatura que chega aos impressionantes 22°C.

Esses dados são baseados num gradiente de transmissão térmica do Retatherm termoacústico aplicado numa telha metálica com espessura de 0,8 mm.

Vejamos mais um exemplo de sua eficiência:

 

Ruído da chuva Ruído do Granizo
Laeqin dB(A) re 20µ Pa LAmax in dB(A) re 20µ Pa
Cobertura Dentro Fora Dentro
Metálica 0.45 mm 69 67 96
Metro 0,45 58 57 87

A Retaprene garante uma atenuação de ruído de até 15 dbs

Para mais informações e orçamento da prestação de nossos serviços, entre em contato conosco.

Assista como é aplicado o isolamento termoacústico em telhas neste vídeo:

 

porcelanato líquido

Aprenda como conservar piso de Porcelanato Líquido

O porcelanato líquido é uma daquelas escolhas que proporciona um ambiente muito mais moderno, personalizado e com um material com um brilho natural extraordinário. No entanto, logo após ser aplicado em sua residência, algumas dúvidas podem surgir para conservá-lo.

Neste artigo, vamos aprender o que deve ser feito para conservá-lo com a limpeza do dia a dia. Mas antes, vamos conhecer melhor sobre o material que faz parte da composição dos pisos em porcelanato.

Entende-se por piso de porcelanato líquido aquele que tem como característica não necessitar de emendas nomeado como monolítica. Ele tem uma excelente resistência e pode ser aplicado em concretos, madeiras, porcelanas etc.

A Retaprene oferece pisos de porcelanato líquido com a possibilidade em ter figuras planas ou em 3D que criam um ambiente despojado e com os desenhos escolhidos pelo próprio cliente.

Um investimento em porcelanato exige cuidados específicos que são bem diferentes dos realizados num piso comum. Vamos aprender como conservá-lo nos tópicos a seguir.

Como limpar o piso de porcelanato líquido

A limpeza é parte fundamental da manutenção do porcelanato. Utilizar os produtos e acessórios corretos torna a vida útil dele muito mais prolongada. O primeiro passo é esquecer o uso de vassouras que não sejam de pelos, pois outros modelos podem arranhar o chão.

Utilizar um aspirador de pó é outra opção para deixar o ambiente limpo de forma prática. Quem gosta de passar pano, o conselho é que essa atividade doméstica seja realizada com um pano molhado e com detergente neutro.

Produtos que não devem ser aplicados no porcelanato

Confira uma lista de produtos que devem ficar bem longe do contato com seu porcelanato:

  • Sabão em pó.
  • Cloro.
  • Cera.
  • Escova.
  • Água sanitária.
  • Soda cáustica.

Como foi possível comprovar, limpar um piso de porcelanato líquido é mais simples do que se imagina. Se você ainda não tem esse tipo de piso, solicite um orçamento com a Retaprene. Temos à disposição inúmeros modelos de desenhos para a sua escolha.